Policiais tomam medida radical após bebê ser resgatada com várias marcas de mordida dadas pela própria mãe

A criança, de apenas 1 ano e três meses, apresentava lesões em todo o corpo.

Anúncios

Uma mulher de 22 anos acabou denunciada à Polícia Militar por suspeita de maus-tratos. Quando a viatura chegou até a casa dela, se deparou com um bebê, de pouco mais de um ano, com marcas de mordida por todo o corpo.

Pela natureza da ocorrência, os policiais acionaram o Conselho Tutelar da cidade de Goiânia, que enviou representantes ao local. José Roberto da Silva foi quem compareceu a casa, no último sábado (26). No local, ele revela que descobriu o que realmente tinha acontecido.

Anúncios

A criança, de um ano e três meses, tinha marcas de mordida nas costelas, no rosto, nos braços e também apresentava outras pequenas lesões. José Roberto investigou o que realmente havia acontecido e descobriu algo inesperado.

De acordo com informações do próprio conselheiro, a mãe da criança, uma jovem de 22 anos, teria entrado em surto. A mulher faz uso de medicação pesada e é deficiente auditiva, mas teria misturado esse medicamento com bebida alcoólica, o que teria resultado no surto.

Anúncios

Essa versão foi confirmada por testemunhas ouvidas no local. A polícia chegou ao local na manhã do sábado, eram 5h30 da manhã quando José Roberto chegou ao local. Ele imediatamente retirou a criança da casa e denunciou a mãe por maus-tratos.

Com o registro da ocorrência, a Polícia Civil agora investiga o caso. A família estava em Goiânia para as festas de fim de ano, mas é natural de Itumbiara. A mulher deverá ser ouvida em depoimento.

Foto do autor
Roberta R
Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.

Publicado em: