PUBLICIDADE

Prédio da Globo é esvaziado às pressas após ameaça de bomba

A polícia segue investigando o caso.

O esquadrão antibombas esvaziou um dos prédios da Globo após um artefato ser encontrado em frente ao local. O caso aconteceu na tarde deste sábado (6), na cidade de Maringá, localizada no interior do Paraná.

PUBLICIDADE

Segundo o jornalista André Almenara, que apresenta a versão regional do Band Cidade, a emissora afiliada da Rede Globo de Televisão, o prédio foi evacuado às pressas e o Corpo de Bombeiros isolou a área.

Uma suposta bomba foi deixada na frente da sede da RPC afiliada da Globo em Maring foto Reproduo

O artefato foi encontrado pendurado em uma árvore que fica bem em frente ao prédio que está localizado na região central de Maringá. Nenhum outro veículo de imprensa da região recebeu algum tipo de ameaça.

PUBLICIDADE

Por causa da pandemia da Covid-19 a maioria da RPC TV em Maringá está trabalhando no sistema home office, por isso a evacuação do prédio aconteceu de maneira tranquila sem maiores intercorrências.

O esquadrão antibombas desarmou o artefato que realmente era um explosivo, o material foi recolhido e encaminhado para a perícia no departamento de Polícia Especializada que fica na capital Curitiba.

PUBLICIDADE

Os funcionários da emissora afiliada da Globo ficaram muito assustados com a tentativa de uma ataque a bomba ao prédio que já foi alvo de criminosos no ano de 2011. Naquela ocasião bandidos fortemente armados fizeram vários disparos contra a fachada da sede da emissora.

A polícia segue investigando o caso considerado bastante grave, todo e qualquer ataque a imprensa é realmente preocupante. O Corpo de Bombeiros de Maringá informou que não pode repassar maiores informações sobre o caso. A emissora RPC não emitiu nenhuma nota oficial a respeito do atentado.

 

Autor