Quase 100 mil animais infectados pelo coronavírus são sacrificados em uma fazenda

Milhares de visons acabaram sendo infectados e precisaram ser sacrificados, trabalhadores da fazenda também foram contaminados.

ANÚNCIOS

Em uma fazenda no nordeste da Espanha, quase 100 mil visons precisaram ser sacrificados após boa parte deles testar positivo para o novo coronavírus, segundo informou autoridades espanholas.

Esse surto na província de Aragão veio à tona quando a esposa de um dos funcionários da fazenda contraiu a Covid-19. Depois disso, o marido dela testou positivo para a doença, que também foi detectada em outros seis funcionários.

Essa fazenda resolveu investir na criação de visons porque esses animais têm um precioso pelo que é utilizado para a confecção de casacos de pele.

ANÚNCIOS

No último dia 13, foram realizados testes e o resultado mostrou que 87% dos animais estavam contaminados com o novo coronavírus, por isso as autoridades de saúde determinaram que 92.700 visons deveriam ser sacrificados.

A fazenda que fica a cerca de 200 km de Madri cumprirá a determinação, mas receberá uma compensação financeira por causa do grande prejuízo. Essa região já conta com mais de 250 mil casos confirmados e 28 mil mortes em decorrência da Covid-19 já foram registradas.

O ministro da Agricultura, Joaquín Olona, deu uma entrevista para falar sobre o ocorrido e contou que foi preciso sacrificar os visons ‘para evitar o risco de transmissão humana’, mas não deixou claro se existia o risco dos animais transmitirem o vírus para humanos.

Recentemente o governo da Holanda afirmou que visons infectaram dois humanos com o novo coronavírus, o que deixou os criadores desses animais preocupados e por isso passou a ser feito um monitoramento mais rígido.

 

ANÚNCIOS

 

Russel Morais

Aqui você encontra as últimas notícias sobre famosos, novelas, reality, televisão e muito mais. Tem sempre uma matéria nova para você conferir e ficar por dentro de tudo.