PUBLICIDADE


Segunda dose de teste da vacina contra Covid-19 no Brasil já foi autorizada pela Anvisa

A segunda dose da vacina contra a Covid-19 deve ser aplicada cerca de 4 semanas depois.

Uma boa notícia para todos os brasileiros que anseiam pela volta da vida e da rotina pós luta contra a Covid-19 no Brasil. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) acaba de autorizar a aplicação da segunda dose da vacina que foi desenvolvida por cientistas de Oxford.

PUBLICIDADE


Essa decisão do órgão que regulamenta medicamentos e outros itens básicos de saúde no país foi publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (10). Sendo assim, os voluntários já podem receber a segunda dose da vacina que ainda se encontra em fase de testes.

De acordo com o texto que foi publicado, esses voluntários que receberam a primeira aplicação devem tomar a segunda dose nos dias que são englobados pela quarta e sexta semana da primeira aplicação.

Essa diferença no prazo da aplicação é por conta da necessidade de entrar em contato novamente com a pessoa que se voluntariou e fazer a mobilização para que ela receba essa segunda aplicação.

PUBLICIDADE


Neste último dia 20 de julho, pesquisadores da universidade fizeram a divulgação dos resultados que mostraram que essa segunda dose da doença proporcionou uma maior produção dos anticorpos. Esses testes que estão acontecendo nas terras tupiniquins já fazem parte da fase 3, que é a última.

Foi informado pela Anvisa que essa nova leva de testes aumentou a idade máxima para os participantes receberem a dose. A idade máxima subiu de 55 para 59 anos, mas a idade mínima permanece sendo a de 18.

PUBLICIDADE


Autor