PUBLICIDADE


Segunda onda de Covid-19 se aproxima, deixa países em pânico e é decretado estado de calamidade

Quando tudo parecia estar sob controle, o número de novos infectados dispara e deixa os governos em alerta.

A segunda onda da Covid-19 está chegando na Europa e deixando vários países em pânicos, inclusive muitos já começaram a fechar escolas e adiar cirurgias. Tudo indica que o isolamento social voltou a ficar severo.

PUBLICIDADE


O maior problema agora é que o inverno está chegando na Europa e isso pode complicar a vida de muitas pessoas. Boa parte dos países europeus chegou a amenizar seus lockdowns nas últimas semanas e a economia já começava a ser reativada, mas tudo isso precisará ser repensado.

Especialistas alertam que foi justamente esse relaxamento que fez com que houvesse um novo pico acelerado de casos na Europa, pois os países foram apressados em liberarem todo o comércio e agora está pagando o preço.

Portugal já decretou estado de calamidade e começou a apertar ainda mais as restrições contra a Covid-19. O país enfrenta alto recorde de novos casos e a situação pode ficar pior do que no início desta pandemia.

PUBLICIDADE


Reuniões de grupo com mais de 5 pessoas estão proibidas e o uso de máscara deve se tornar obrigatório nas ruas e estabelecimentos comerciais. O governo português também quer aprovar a obrigatoriedade do Stay Away Covid, um aplicativo para rastrear contatos com pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Autoridades sanitárias contarão com o apoio da polícia para intensificar as fiscalizações em restaurantes e empresas de um modo geral. Quem descumprir as regras poderão pagar multas de até R$ 65 mil.

PUBLICIDADE


Autor