PUBLICIDADE

Sem justiça pelo filho, pai de um dos meninos desaparecidos de Belford Roxo tem triste fim em busca por vingança

Anderson é pai de Lucas Matheus, de 9 anos, um dos três meninos desaparecidos de Belford Roxo.

A Polícia Militar do Rio de Janeiro confirmou a prisão de Anderson de Jesus, acusado de envolvimento no tráfico de drogas. Ainda de acordo com a polícia, o homem teria se juntado ao crime em busca de vingança pelo filho.

PUBLICIDADE

Anderson é pai de Lucas Matheus, de 9 anos, um dos três meninos desaparecidos de Belford Roxo. Os meninos, segundo investigações da polícia, teriam sido pegos e mortos por membros de uma facção criminosa; supostamente por punição por terem roubado uma gaiola de passarinho.

Embora a polícia tenha a teoria sobre o que teria acontecido com os meninos – inclusive com a conclusão de que os meninos já estão mortos – os investigadores não foram capazes de prender ninguém, nem recuperar os corpos das crianças.

O desaparecimento do filho teria sido o motivo pelo qual Anderson se associou ao crime. Sem justiça pelo desaparecimento, e possível assassinato, do filho; ele se juntou a uma facção rival na esperança de descobrir os envolvidos e fazer justiça com as próprias mãos.

PUBLICIDADE

“Na delegacia, ele se identificou como o pai do Lucas Matheus e disse que entrou para a facção para descobrir o assassino e vingar a morte do filho”, confirmou o delegado José Mário Salomão.

Anderson foi preso por associação ao tráfico de drogas e também porte de armas. Ele estava acompanhado de outros criminosos, na Comunidade da Palmeira, trocando tiros com membros do Comando Vermelho, que seria a facção diretamente envolvida no desaparecimento dos meninos.

Autor