Separados há um ano, homem mata ex-mulher a facadas, depois tira a própria vida no Natal: filha do casal encontrou os corpos

O crime bárbaro foi descoberto pela própria filha do casal, de apenas 16 anos.

Anúncios

A polícia de Santa Catarina investiga o crime por trás das mortes um ex-casal em Forquilhinha, Santa Catarina. De acordo com informações, os dois estavam separados há cerca de um ano e a principal linha de investigação é feminicídio seguido de suicídio.

O crime bárbaro foi descoberto pela própria filha do casal, de apenas 16 anos. Em cumprimento do que diz a lei sobre proteção da criança e do adolescente, as identidades dos envolvidos esta sendo mantida em sigilo, para a proteção da adolescente.

Anúncios

A menina chegou em casa por volta de 20h30 da noite, no dia de Natal. Ao chegar em casa, no entanto, ela se deparou com a porta trancada. Para conseguir entrar em casa, decidiu ligar para tia e esta conseguiu arrombar a casa.

Ao entrar, a adolescente encontrou pai e mãe desacordados. De acordo com informações, a mãe da adolescente estava no sofá da residência, com marcas de facada pelo corpo, enquanto o homem morreu baleado. A polícia encontrou um revólver próximo ao corpo do homem.

Anúncios

Para a polícia, a principal suspeita é de que o homem tenha entrado na casa e surpreendido a ex-mulher. A polícia acredita que o homem tenha tirado a própria vida, depois de matar a ex-companheira. Um laudo do Instituto Geral de Perícias deve apontar as circunstâncias do crime e também as causas das mortes.

A polícia ouviu testemunhas que relataram que a mulher era constantemente importunada pelo ex-marido. O carro dele estava estacionado em frente da casa e, de acordo com investigação da polícia, eles não passaram o Natal juntos. A polícia acredita que ele tenha se dirigido até a casa da vítima com o pretexto de conversar.

Foto do autor
Roberta R
Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.

Publicado em: