PUBLICIDADE

Sobe para 18 o número de pessoas que morreram enquanto saqueavam a carga de gasolina do caminhão que tombou e explodiu

O acidente aconteceu quando um caminhão que transportava combustível tombou na rodovia, muitas pessoas pararam e passaram a saquear a carga, até que aconteceu a explosão.

De acordo com as notícias mais recentes do caminhão que tombou e explodiu na Colômbia, na segunda-feira (6), 18 pessoas morreram na explosão e 53 ficaram gravemente feridas.

PUBLICIDADE

O número de mortos subiu para 18 mortos desde o dia do acidente, porque, segundo o boletim de informações, em 2 dias, de segunda para quarta, 11 pessoas morreram no hospital.

O acidente aconteceu quando um caminhão que transportava combustível tombou na rodovia, muitas pessoas pararam e passaram a saquear a carga. Não se sabe como se iniciou o fogo, mas aconteceu uma grande explosão, muitas pessoas morreram na hora e outras ficaram gravemente feridas.

Eduardo García foi uma das pessoas envolvidas nessa explosão. Ele disse que sente que nasceu de novo, porque no momento que explodiu uma chama veio para cima dele. O homem não sabe explicar como, mas sobreviveu diante dessa tragédia, mesmo tendo o corpo queimado, está fora de perigo.

PUBLICIDADE

Eder Franco, foi também entrevistado e disse que a dor que sente pelo corpo causada pelas queimaduras é muito grande, é algo que não deseja para o pior inimigo. Ele está com queimaduras nas costas e pernas.

O governo da Colômbia relatou que dois que sobreviveram a explosão testaram positivo para a covid-19, o restante está em observação no hospital, possivelmente também contaminados.

PUBLICIDADE

Perto de onde aconteceu a explosão, há uma comunidade com cerca de 33 mil pessoas que não possui água potável. Mais de 50% dos habitantes dessa região, município de Puebloviejo, vivem em extrema miséria, grande parte da população vive de forma miserável.

Segundo o governo, a precariedade na saúde é muito grande, o departamento do caribe colombiano é um dos lugares mais afetados pela covid-19, não tem infraestrutura, não tem água potável e o número de casos e mortes sobe a cada dia. O coronavírus já causou mais de 4.300 mortes e mais de 120 mil pessoas foram infectadas em todo país.

 

Autor