PUBLICIDADE


Supermercados já estão limitando a compra de arroz, óleo, leite e vários outros itens

Muitos consumidores resolveram ir até o supermercado mais próximo para não correr risco de ficar sem.

O preço do arroz disparou e em alguns lugares o pacote de 5 quilos já está sendo vendido por mais de R$ 40. Só que, apesar do alto preço, a procura pelo item continua alta e com medo do desabastecimento, alguns supermercados estão limitando a venda.

PUBLICIDADE


A Abras – Associação Brasileira de Supermercados, já avisou que poderá haver desabastecimento em várias regiões do país se algo não for feito o quanto antes. No Rio de Janeiro, São Paulo, entre várias outras cidades pelo Brasil, os clientes já não conseguem comprar a quantidade que gostariam.

Tem supermercado limitando a 1 pacote de arroz por família. O mesmo tem acontecido com o óleo de soja, leite, entre outros itens. Especialistas acreditam que a alta nos preços é porque os produtores estão vendo mais vantagem em exportar o produto, ao invés de comercializá-lo no mercado nacional.

PUBLICIDADE


O Extra hipermercado já informou que está providenciando mudanças para garantir que mais clientes possam comprar e por lá cada família pode adquirir somente 10 kg de arroz e no máximo 5 unidades de óleo. Essa medida é por tempo indeterminado e já está provocando até filas.

PUBLICIDADE


O Prezunic é outra rede de supermercados que decidiu limitar a 5 unidades de óleo por cliente, assim como o arroz.

Uma consumidora informou que já não acha o litro de leite por menos de R$ 5, por isso comprou bem menos do que gostaria. O aumento de preço também vem sendo constatado na carne, açúcar, feijão, entre outros itens que antes eram comuns na mesa do brasileiro, mas em breve poderá faltar.

 

Autor