PUBLICIDADE


Todos os dias, 6 abortos em meninas de 10 a 14 anos são realizados no Brasil e quase ninguém comenta

O caso da menina de 10 anos que engravidou após ser abusada pelo tio, teve grande repercussão na web.

O aborto de uma menina de 10 anos que foi violentada pelo tio acabou se tornando um dos assuntos mais comentados nas redes sociais. O caso aconteceu no Espírito Santo, mas a criança foi levada para um hospital em Recife para ser submetida ao procedimento.

PUBLICIDADE


A menina contou que vinha sendo abusada desde que tinha 6 anos e como era ameaçada pelo tio, não contava para ninguém, o sujeito ainda está foragido. O caso acabou dividindo os internautas, sendo que uns se mostraram contra e outros a favor do aborto.

Apesar desse caso ser tratado como algo inédito, de acordo com a BBC, no Brasil são realizados todos os dias, cerca de seis abortos em meninas com idade entre 10 e 14 anos, que ficaram grávidas após serem violentadas.

Esses dados englobam também os casos de abortos espontâneos e também aqueles que são realizados em casa. Quem pensava que essa menina de 10 anos era um caso isolado, certamente se assustará ao saber que no Brasil a cada hora, cerca de quatro meninas são violentadas, de acordo com as informações do Anuário Brasileiro de Segurança Pública do ano passado.

PUBLICIDADE


Uma advogada explicou à BBC que houve uma certa “naturalização desta violência” e que as pessoas já não ligam mais para os casos de meninas entre 13 e 14 anos grávidas, sendo que agora se assustam somente quando a vítima tem 10 ou 11 anos.

A BBC News Brasil informou ainda que o país registra anualmente uma média de 26 mil partos de mães que têm entre 10 a 14 anos, mas esse é um assunto que não fica em alta na mídia, como aconteceu nesses últimos dias.

PUBLICIDADE


 

Autor