PUBLICIDADE


Tragédia: bebê que engasgou com uva morre depois de 17 dias lutando pela vida em UTI

17 dias depois de dar entrada na UTI do hospital Gpaci, o bebê que havia engasgado com uma uva não resistiu e veio a óbito.

Após 17 dias de dar entrada na UTI do hospital Gpaci, o bebê que havia engasgado com uma uva não resistiu e veio a óbito. O menino deu entrada no hospital no último dia 10 de outubro e foi encaminhado a Unidade de Terapia Intensiva.

PUBLICIDADE


De acordo com informações dadas pela mãe do bebê, Ana Gabrieli de Souza, de 22 anos, o menino estava com o pai no momento do acidente. O pai estava com o bebê no colo na casa do avô da criança, mas se distraiu enquanto o menino comia uma uva.

Os instantes de distração foram suficientes para a criança engolir um bago inteiro, causando o engasgo. Gabrieli conta que estava no serviço e precisou ser amparada pelas amigas, já que passou mal ao saber do incidente envolvendo o filho.

O menino Gabriel foi levado ao hospital, onde foi reanimado. No entanto, o menino apresentou episódios de convulsão e precisou ser medicado. Ele chegou a passar por exames para determinar se havia atividade cerebral enquanto estava internado.

PUBLICIDADE


No primeiro exame, a família recebeu a notícia de que não havia atividade cerebral. No segundo exame, foi constatado que havia circulação de sangue. A família se agarrava à fé esperando uma recuperação do menino, mas infelizmente ele veio a óbito.

A mãe do menino foi procurada pela equipe de reportagem do portal Uol, mas não respondeu até o momento da publicação da matéria.

PUBLICIDADE


Autor