PUBLICIDADE

Tristeza: Pai e filho morrem de COVID-19 apenas com um dia de diferença

Eles não conseguiram resistir.

O Brasil é um dos países mais atingidos pela pandemia da COVID-19. Infelizmente, o número de mortes apenas continua a subir de maneira diária. Milhares de pessoas já morreram e muitas outras tiveram suas vidas duramente afetadas. Com novas variantes circulando em nossa região, a situação é realmente alarmante.

PUBLICIDADE

E tragicamente, mais uma família teve que lidar com o luto de duas pessoas queridas em um curto período de tempo. Estão todos arrasados. Anselmo de Oliveira tinha apenas 34 anos de idade e trabalhava como corretor de imóveis. O seu pai, Joaquim de Oliveira, tinha 64 anos. Os dois morreram de COVID-19.

Nenhum dos dois tinha algum registro de alguma comorbidade prévia. O velório ocorreu nesta segunda-feira, dia 8 de março, seguindo todas as restrições recomendadas pare prevenir que o vírus se espalhe.

Anselmo era bastante querido e a imobiliária que ele trabalhava está de luto e fechou suas portas até o dia 12.

PUBLICIDADE

As vítimas residiam na região de Itajaí, em Santa Catarina. Os dois estavam internados na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) no Hospital Marieta Konder Bornahausen.

Neste momento tão crítico da pandemia, o essencial é continuar seguindo as recomendações, evitando ao máximo sair de casa. E se precisar sair, utilize máscara e álcool em gel. Se possível, não participe de aglomerações.

PUBLICIDADE

A grande esperança é que as vacinas sejam eficazes e que o país possa ir se normalizando aos poucos.

Autor