PUBLICIDADE


Um dos maiores triatletas do país, Felipe Manente morreu ontem, aos 31 anos, durante treino após sofrer um mal súbito

Os socorristas chegaram ao local, mas já não havia mais nada a ser feito. O catarinense treinava no Clube Doze de Agosto.

Uma tragédia acabou encurtando a vida de Felipe Manente, um dos maiores triatletas brasileiros em atividade. Manente estava treinando quando sofreu uma parada cardíaca dentro da piscina. Ele chegou a ser resgatado e reanimado no local.

PUBLICIDADE


No entanto, enquanto esperava a chegada do Samu, Manente sofreu novamente uma parada cardíaca e acabou falecendo. Os socorristas chegaram ao clube, mas já não havia mais nada a ser feito. O catarinense treinava no Clube Doze de Agosto.

Através da conta no Instagram, o clube confirmou a morte do atleta e lamentou a perda. “Partiu fazendo o que mais gostava“, diz na nota. A nota foi seguida de outros comentários de pesar por parte de fãs, amigos e familiares do esportista.

https://www.instagram.com/p/CE5DZGjqSEh/

PUBLICIDADE


Manente era um importante nome na modalidade no país e responsável pela organização de um dos principais eventos do triatletismo nacional. A Fodaxman contava com 3,8 quilômetros de percurso em natação, 180 quilômetros de ciclismo e 42 quilômetros de corrida.

Manente marcou seu nome na história do triatletismo nacional através das provas de longa distância, especialmente com as participações no mundial em 2011, 2012 e 2014. Nos últimos anos, se dedicou também às provas de resistência.

PUBLICIDADE


O evento mais recente disputado pelo atleta foi a competição Ironman, em 2019, no País de Gales. Ele ficou em oitavo lugar. Já neste ano, a Fodaxman, que é realizada durante a noite, está prevista para acontecer em dezembro. Não foi divulgado ainda se o evento sofrerá alguma alteração.

Autor