PUBLICIDADE


Usain Bolt contrai COVID-19, após receber festa luxuosa em comemoração de seu aniversário

Após receber um luxuosa e badalada festa surpresa de sua namorada em comemoração ao seu 34º aniversário, o jamaicano desconfiou de que estivesse contaminado e decidiu fazer o teste.

Na última terça-feira, dia 25 de agosto, o jamaicano velocista e empresário Usain Bolt testou positivo para o novo coronavírus, doença que atinge principalmente o sistema respiratório e que se transformou em uma das maiores pandemias de todos os tempos.

PUBLICIDADE


O medalhista de ouro olímpico havia publicado um vídeo em seu perfil pessoal na plataforma do Instagram, onde ele comunicou aos fãs que estava desconfiado da infecção pela covid-19 e por conta disso iria se manter isolado, até que o resultado do teste estivesse pronto.

O novo pai do esporte nasce a primeira filha de Usain Bolt

Depois disso, o corredor confirmou que seu teste deu positivo, mas acalmou os fãs ao dizer que está assintomático até o momento.

PUBLICIDADE


Após receber um luxuosa e badalada festa surpresa de sua namorada em comemoração ao seu 34º aniversário, o jamaicano desconfiou de que estivesse contaminado e decidiu fazer o teste.

Vídeos e fotos do evento circularam na internet e arrancaram muitas críticas dos internautas, que ponturaram que a comemoração não seguiu as recomendações de segurança da OMS, como o uso de máscara e o distanciamento social.

PUBLICIDADE


Em seu pronunciamento, o campeão olímpico pediu a todos que estiveram recentemente com ele que se mantivessem em quarentena.

Usain Bolt é muito querido no mundo todo e no Brasil, por ser o recordista mundial dos 100 e 200 metros. Ele foi visto em disputas pela última vez em Londres, no mundial de atletismo que aconteceu no ano de 2017. Os fãs e admiradores do atleta olímpico torcem por sua breve e total recuperação da Covid-19.

 

PUBLICIDADE


Autor