PUBLICIDADE


‘Venceu várias lutas, mas essa não conseguiu’, desabafa irmã de assessor parlamentar que faleceu devido à covid-19

Edson Henrique Rodrigues do Amaral causou comoção ao falecer por conta da covid-19.

A doença da covid-19 tem atingindo o mundo inteiro, causando muita dor e tristeza, principalmente para aqueles que se encontram em um leito de hospital enfrentando o vírus, bem como para as famílias que perderam seus entes queridos sem ao menos poderem estar por perto no momento da partida ou velar o corpo dignamente.

PUBLICIDADE


Assim se sentem os familiares do assessor parlamentar Edson Henrique Rodrigues do Amaral, que faleceu em decorrência da covid-19 precocemente aos 49 anos de idade, no último domingo, dia 19 de julho, em Cuiabá.

Segundo informações dos parentes, Edson chegou a ocupar um leito de UTI, foi entubado, e, após um tempo, os médicos acharam que ele estava reagindo bem ao coronavírus, então desligaram os aparelhos. O paciente chegou a acordar do coma, mas não resistiu e foi a óbito.

A irmã do assessor, Carla Rocha, desabafou em entrevista ao portal da Globo, G1, dizendo que seu irmão venceu lutas árduas, como ao ser internado com pneumonia grave, mas sempre se recuperou das batalhas enfrentadas. Entretanto, dessa vez não teve forças contra o coronavírus.

PUBLICIDADE


O assessor parlamentar Edson Henrique Rodrigues do Amaral de 49 anos morreu vtima da Covid-19 nesse domingo 19 em Cuiab Foto ALMTDivulgaoDe acordo com Débora Simone Rocha, a outra irmã de Edson, ele ligou para ela antes de ser internado, pedindo que todos da família se cuidassem contra esse vírus que afeta o pulmão dos infectados.

Ainda segundo Débora, o assessor ficou 15 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva e parecia que ia sair dessa, mas, 48 horas depois de sair dos aparelhos, faleceu e deixou a todos consternados.

PUBLICIDADE


Autor