PUBLICIDADE


‘Vi minha família acabar’: a triste história da professora que perdeu todos para a Covid-19

A família sempre foi muito unida mas a chegada do novo coronavírus mudou tudo drasticamente.

A professora Luciani Cristina da Silva tem 45 anos e está vivendo a fase mais difícil de sua vida, ela sempre foi muito apegada aos pais, era capaz de tudo por eles, mas em poucos dias viu a Covid-19 levar os dois.

PUBLICIDADE


Ela contou que foi um choque enorme pois, em apenas três dias, sua vida mudou drasticamente. Ela perdeu o que tinha de mais precioso no mundo. Seu pai e sua mãe morreram vítimas da Covid-19, assim como sua irmã mais velha.

Luciani mora em São Francisco, no interior de São Paulo, uma pequena cidade com apenas 3,7 mil habitantes, mas que vem sendo castigada pela pandemia. Já são 4 óbitos no município em decorrência da doença e dezenas de casos confirmados.

A irmã da professora foi quem contraiu o coronavírus primeiro, ela era funcionária pública e tudo indica que foi no trabalho que acabou sendo infectada. Luciani diz não ter dúvida que a irmã pegou a doença no trabalho e depois a transmitiu para a família.

PUBLICIDADE


A funcionária pública precisou ser internada e os médicos a levaram para a UTI, onde ficou entubada por um mês. Não demorou muito para o pai e a mãe apresentarem os primeiros sintomas, até que, rapidamente, o estado de saúde deles se agravou. Os três foram levados para o mesmo hospital.

A única infectada que não apresentou o estado grave da doença foi Luciani. A mãe foi a primeira a morrer, depois a irmã mais velha e em seguida o pai, tudo isso em apenas três dias. A professora não pôde visitar a família internada e nem fazer um velório para se despedir, foi tudo muito rápido e agora ela tenta recomeçar a vida.

PUBLICIDADE


Autor