PUBLICIDADE


Vídeos mostram estudantes de medicina durante festa com centenas de pessoas no interior de SP; faculdade anuncia suspensão dos envolvidos

Os vídeos, aparentemente, foram publicados pelos próprios participantes da festa, mas viralizaram e geraram grande revolta nas redes sociais.

Em plena pandemia do novo coronavírus, espera-se que as pessoas tenham bom senso em relação às medidas de prevenção e segurança contra a doença. Mas vídeos que circulam nas redes sociais geraram revolta entre internautas.

PUBLICIDADE


Os registros mostram alunos de uma faculdade privada durante uma festa. Nas imagens, os estudantes são vistos consumindo bebida alcoólica, sem uso de máscaras de proteção e também em grande aglomeração.

A festa aconteceu em uma chácara, no interior de São Paulo, na cidade de São José do Rio Preto. Os vídeos, aparentemente, foram publicados pelos próprios participantes do evento, mas viralizaram e geraram grande revolta nas redes sociais.

A instituição de ensino foi procurada para comentar o caso e informou que não está envolvida com a organização do evento, que foi feita por terceiros. Sobre as publicações, a faculdade ressaltou que tem procurado identificar os responsáveis.

PUBLICIDADE


Ainda de acordo com a declaração da instituição, as pessoas nos vídeos foram suspensas por 15 dias. No entanto, não foi dito se elas poderão sofrer novas punições ou não.

As imagens geraram revolta na internet por se tratar de estudantes de medicina contrariando, deliberadamente, as recomendações de segurança que estão sendo divulgadas em todo o mundo.

PUBLICIDADE


As aglomerações, especialmente em casos onde as máscaras não estão sendo usadas, podem ser decisivas na expansão dos contágios, porque nem todo infectado possui sintomas. Ou seja, a Covid-19 é também uma doença silenciosa.

Autor