PUBLICIDADE


Vacina contra a Covid-19 é suspensa, Johnson & Johnson confirmou problema nos ensaios

Há várias empresas testando suas vacinas em todo o mundo, mas especialistas alertam que é preciso ter paciência.

A Johnson & Johnson informou ontem que o ensaio clínico de sua vacina contra a Covid-19 precisou ser suspenso depois que foi confirmado que um dos voluntários dos testes ficou doente. O caso está sendo investigado.

PUBLICIDADE


Segundo um comunicado divulgado pela empresa, todos os ensaios clínicos da vacina estão suspensos, inclusive o ENSEMBLE de fase 3. A Johnson & Johnson não deu muitos detalhes até o momento, mas informou que um dos voluntários apresentou uma ‘doença inexplicada’.

Com essa suspensão temporária, a Johnson & Johnson fecha o seu ensaio clínico com 60 mil pacientes e já convocou o comitê independente de segurança para analisar o ocorrido. A pessoa teria apresentado alguns sintomas que precisarão ser investigados por especialistas nos próximos dias.

A empresa precisa interromper os estudos até que fique determinado se o efeito adverso que foi registrado é devido à vacina que está sendo desenvolvida, ou não, para só depois decidir se o estudo será retomado.

PUBLICIDADE


O sistema de inscrição pela internet também foi suspenso temporariamente e quem já recebeu o medicamento será instruído para que preste atenção e caso apresente algum sintoma diferente, comunique imediatamente a empresa.

Segundo a Johnson & Johnson, efeitos adversos são até esperados sempre que há um ensaio clínico, ainda mais quando envolve milhares de voluntários, mas o caso será investigado por especialistas.

PUBLICIDADE


Desde o final de setembro que essa fase 3 do estudo desta empresa vem recrutando voluntários, o objetivo é conseguir 60 mil inscrições não só nos Estados Unidos, mas também em outros países. A Johnson & Johnson vem realizando testes de sua vacina no Brasil, Argentina, Colômbia, Chile, Peru, México e também na África do Sul.

 

Autor