PUBLICIDADE

5 atitudes que demonstram que o racismo está presente e a maioria das pessoas não percebem

É preciso falar sobre o racismo e lutar contra o preconceito.

Mesmo sem ter a intenção de ofender o outro e até mesmo sem saber que se trata de algo ofensivo, muitas vezes durante uma simples conversa as pessoas incorrem no preconceito e usam termos racistas.

PUBLICIDADE

Vale ressaltar que o racismo é crime previsto na “lei nº 7.716/1989, onde está previsto que discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia , religião ou procedência nacional, são considerados crimes inafiançáveis e imprescritíveis”.

O Brasil foi o último país do mundo a abolir a escravidão que aconteceu com a assinatura da Lei Áurea (Lei nº 3.353), pela Princesa Dona Isabel, no dia 13 de maio de 1888. Naquela ocasião, no país existia pelo menos 700 mil escravos.

Desta época escravocrata, onde os negros eram os serviçais dos brancos, ficaram hábitos e palavras arraigadas na sociedade brasileira que são usados até hoje.

PUBLICIDADE

Confira algumas situações que possuem conotação racista no dia a dia:

1 – Quando o assunto é racismo e alguém fala: “mas eu tenho amigos negros”.

2 – Palavras com expressão racistas que são usadas constantemente:

PUBLICIDADE
  • “Denegrir”‘;
  • “Mulato”;
  • “Criado Mudo”;
  • “A coisa tá preta”;
  • “Não sou tuas negas”;
  • Boçal;
  • “Humor Negro”;
  • “Feito nas coxas”;
  • “Mercado Negro”;
  • “Inveja branca”, entre outros.

3 –  Afirmar que uma pessoa negra tem uma beleza exótica.

4 – Dizer que o cabelo de certa pessoa é ruim

5 – Afirmar que uma tarefa mal feita é “serviço de preto”

É preciso repensar e discutir sobre o racismo para que as novas gerações não herdem tamanho preconceito.

PUBLICIDADE

 

Autor