PUBLICIDADE

Imagem de ‘morcego humano’ circula as redes sociais; flagrante aconteceu nas Filipinas e internautas locais explicam que foto é verdadeira

Internautas filipinos se uniram para explicar que a foto é real. Animal pode chegar a quase 2 metros de envergadura de asas abertas.

Morcegos são animais, em sua maioria, muito mansos que se alimentam basicamente de frutas e vivem reclusos. Esses bichos se tornaram populares depois da cultura de vampiros se popularizar e também com o sucesso do personagem Batman.

PUBLICIDADE

Mas a verdade é que, ao contrário dessas marcas famosas, esses animais não costumam se envolver em problemas e, geralmente, preferem manter distância do ser humano. No Brasil, os morcegos podem ser muito comuns em algumas regiões.

Mesmo comuns, no entanto, não existe nenhuma subespécie do animal que seja considerada gigante no país. Mas o mesmo não se pode dizer das Filipinas, onde é possível encontrar morcegos de até 1,7 metro de envergadura de asas abertas. Já imaginou isso?

PUBLICIDADE

Um usuário do Twitter, identificado como Alex (alexjoestar622) usou a rede social para compartilhar uma foto perturbadora. Na imagem, um morcego dormia tranquilamente, de cabeça para baixo, em uma construção residencial. O problema? O bicho era enorme. Confira o tweet abaixo.https://twitter.com/AlexJoestar622/status/1275653432897126401

O usuário, natural das Filipinas, acabou enfrentando ceticismo de alguns seguidores que não acreditaram que a foto fosse verdadeira. No entanto, outros filipinos surgiram para defender que a foto era verdadeira e explicar um pouco sobre o porquê daquele animal ser tão grande.

PUBLICIDADE

Outro usuário, identificado como @_moontaeilct, falou sobre a presença dos animais. Além de informar que os morcegos se alimentavam apenas de frutas, revelou também que são animais muito mansos e geralmente pouco vistos em áreas residenciais.

O internauta explicou ainda que este animal não tem o corpo tão grande quanto parece, podendo chegar ao tamanho de um cachorro de porte médio, mais ou menos, mas suas asas realmente são imensas, podendo atingir 1,7 metro se completamente abertas.

As “raposas-voadoras”, como são conhecidas, infelizmente estão em extinção no país. Especialmente em decorrência da caça desse animal. Agora autoridades realizam campanhas de preservação para garantir que a subespécie tenha condições de se reproduzir adequadamente e repovoar a região.

PUBLICIDADE

Autor